O que são diamantes cultivados laboratório?

O que são diamantes cultivados laboratório?

Diamantes cultivados laboratório(Também conhecido como diamantes criados em laboratório, diamantes feitos pelo homem, diamantes projetados e diamantes cultivados)São cultivadas em laboratório em vez de minadas. Eles são feitos de átomos de carbono dispostos na estrutura de cristal de diamante e têm as mesmas propriedades ópticas, químicas e físicas que os diamantes naturais. Esses diamantes são cultivados em ambientes de laboratório controlados que imitam as condições sob as quais os diamantes se formam naturalmente no manto sob a crosta terrestre. Existem dois tipos de diamantes cultivados em laboratório: branco e colorido. Os diamantes brancos são cultivados em ambiente de carbono puro e são incolores. Os diamantes coloridos extravagantes são cultivados em um ambiente sem carbono e podem ser amarelos, azuis, rosa, verdes ou roxos. Lab cresceu diamantes brancos têm a mesma clareza e características geométricas como diamantes extraídos e laboratório branco cresceu diamantes coloridos têm o mesmo brilho e brilho como diamante extraído. Diamantes brancos inteiros estão disponíveis apenas para um número extremamente pequeno de pessoas devido à sua raridade. No entanto, os diamantes brancos cultivados em laboratório fornecem o mesmo valor que os diamantes extraídos sem nenhum dos riscos associados à mineração. Em geral, o diamante cultivado em laboratório é tão bonito quanto o diamante natural, sem nenhuma de suas desvantagens. É ambientalmente amigável, recurso renovável e mais barato do que a mineração.

Devo escolher diamantes cultivados em laboratório?

Diamantes cultivados em laboratório são uma ótima alternativa para minerar diamantes. Eles são uma escolha ética devido às suas práticas de mineração livres de conflitos e ambientalmente corretas. Os diamantes cultivados em laboratório também oferecem as mesmas características de diamante de alta qualidade que os diamantes extraídos, com menos impactos ambientais. Além disso, eles são uma opção econômica, permitindo que você obtenha mais brilho pelo seu dinheiro. Você pode esperar o mesmo olhar brilhante e brilho de um laboratório cresceu anel de diamante como você faria com um anel de diamante extraído. Além disso, os diamantes cultivados em laboratório são duráveis, hipoalergênicos e fáceis de limpar. No geral, eles são uma ótima alternativa aos diamantes extraídos que fornecem todos os benefícios do diamante sem as consequências negativas da mineração.

 

Como os diamantes cultivados em laboratório são feitos?

Os diamantes cultivados em laboratório são cultivados em um ambiente de laboratório altamente controlado que replica as condições encontradas na natureza para a formação dos diamantes. Esse processo começa com átomos de carbono se formando sob alta temperatura e imensa pressão em um laboratório, que se une para formar uma estrutura cristalina semelhante à dos diamantes extraídos. Depois disso, os diamantes são cortados e polidos para revelar o brilho máximo, assim como os diamantes extraídos. Indivíduos que estão preocupados com os impactos da mineração no meio ambiente podem escolher diamantes cultivados em laboratório como uma alternativa ética. Os diamantes cultivados em laboratório não implicam práticas antiéticas associadas à mineração, como trabalho infantil ou degradação ambiental, tornando-os uma opção ideal para consumidores que desejam diamantes de alta qualidade sem efeitos adversos ao meio ambiente. Além disso, os diamantes cultivados em laboratório passam por testes rigorosos para garantir que tenham propriedades e características comparáveis às dos diamantes extraídos, tornando-os uma excelente escolha para os consumidores de jóias com diamantes.

 

Diamantes cultivados Lab vs. Diamantes naturais

Diamantes cultivados em laboratório são diamantes reais, que são idênticos em termos de dureza e durabilidade. Diamantes cultivados em laboratório têm muitas das mesmas propriedades que os diamantes naturais e, em condições de laboratório, o diamante é uma forma perfeitamente estável de carbono. Tal como acontece com os diamantes naturais, os diamantes cultivados em laboratório podem ser facetados em formas de corte brilhante ou outras. Com a mesma tecnologia usada para criar diamantes naturais, os diamantes cultivados em laboratório são cultivados sob condições controladas usando alta pressão e alta temperatura para formar uma rede tridimensional intrincada de átomos de carbono. O Gemological Institute of America (GIA), o maior laboratório de certificação de diamantes do mundo, vem classificando diamantes cultivados em laboratório desde 2007 e não usa mais o termo sintético” em seus relatórios. O GIA certificou mais de 20 produtores de diamantes cultivados em laboratório em seu laboratório e chamou esses diamantes de 'naturais' para fins de classificação. Embora o diamante natural seja ecologicamente correto, o diamante cultivado em laboratório tem propriedades semelhantes ao diamante natural, mas sem os impactos ambientais da mineração de diamantes naturais. Além disso, o diamante cultivado em laboratório é mais econômico do que o diamante natural e também oferece alto brilho e clareza em pedras preciosas. Se compararmos tanto o diamante natural quanto o diamante cultivado em laboratório, fica claro que eles são completamente idênticos em termos de qualidade e desempenho. Então, você pode ir para o diamante natural se você quiser algo mais natural, mas se você quiser algo mais brilhante e claro do que ir para pedras preciosas criadas em laboratório.

 

Diamantes cultivados Lab vs. Simulantes Diamante

Diamantes cultivados em laboratório e simuladores diamantados parecem semelhantes, mas são feitos de materiais diferentes. Quando se trata de preços, os simuladores de diamantes custam menos do que os diamantes cultivados em laboratório e são mais acessíveis para a maioria das pessoas. No entanto, os diamantes cultivados em laboratório têm muitos benefícios sobre os simuladores de diamantes, incluindo sustentabilidade ambiental e maior clareza e cor. Isto é devido às propriedades únicas de diamantes cultivados em laboratório, tais como o seu alto brilho e durabilidade. Obter

Diamantes cultivados Lab vs. Moissanita

Lab cresceu diamantes e moissanite são duas pedras preciosas diferentes. Os diamantes cultivados em laboratório são cultivados a partir de átomos de carbono e hidrogênio, enquanto a moissanita é uma pedra preciosa sintética feita pelo homem. Isso torna os diamantes cultivados em laboratório mais caros que a moissanite. Moissanita era originalmente um mineral natural, mas a ciência permitiu a replicação do mesmo em um laboratório para torná-lo comercialmente disponível.

Diamantes cultivados Lab vs. Zircônia Cúbica

Diamantes cultivados em laboratório e zircônia cúbica são dois materiais diferentes. A zircônia cúbica é uma imitação de diamante, feita de zircônio em pó e dióxido de zircônio, derretidos juntos. É mais barato que diamantes, mas não tem as mesmas propriedades que um diamante. Os diamantes são conhecidos por sua perfeita clareza e brilho, enquanto a zircônia cúbica carece de inclusões nos cristais minerais que compõem a pedra. Portanto, a zircônia cúbica não pode ser classificada para maior clareza.

Como são Lab Grown diamantes certificados e classificados?

Diamantes cultivados em laboratório são superfícies incrustadas de diamantes que são cultivadas em laboratório usando o mesmo processo de crescimento de diamantes usado para diamantes naturais. Isso significa que os diamantes criados em laboratório são materiais 100% à base de carbono e não contêm nenhum dos elementos do diamante, como nitrogênio, carbono ou oligoelementos. Em geral, laboratórioCrescido Os diamantes podem ser divididos em duas categorias: aqueles criados sinteticamente através da impressão 3D e aqueles cultivados em laboratório. O primeiro é difícil de distinguir dos diamantes naturais com base apenas na aparência e, portanto, precisa passar por testes rigorosos para confirmar sua autenticidade. Este teste envolve a comparação da composição química do diamante com a dos diamantes cultivados de maneira idêntica. O último envolve o cultivo de diamantes de qualidade de gema em um ambiente de laboratório, tendo o cuidado de replicar todos os aspectos do processo natural de crescimento de diamantes. Os diamantes criados em laboratório são certificados por laboratórios gemológicos independentes, como o GIA e outras instituições com padrões e escalas de classificação semelhantes, e incluem um relatório para confirmar se são naturais ou cultivados em laboratório. Esses relatórios incluem detalhes sobre a clareza e a cor do diamante, bem como sua forma e tamanho. Eles também incluem informações sobre como o diamante foi cultivado, como se ele foi cultivado em um reator ou por ablação a laser. GIA Laboratory-Grown Diamond Reports também incluem uma declaração confirmando que o diamante foi cultivado em um ambiente de laboratório e que foi atribuído um número de identidade (por exemplo, GS1” ou EN” prefixo) por um grupo da indústria ou agência governamental. Esta declaração é geralmente impressa na cinta do diamante em inscrições a laser.

Quanto custam os diamantes cultivados em laboratório?

Diamantes cultivados em laboratório geralmente são 40% menores que os diamantes extraídos. Isso os torna uma opção mais acessível para clientes que procuram alternativas naturais de diamantes. O processo de criar diamantes cultivados em laboratório leva cerca de um mês e custa cerca de US .000 em média. Em suma, os diamantes cultivados em laboratório oferecem os benefícios do diamante natural com menos impacto e custo ambiental. Eles são uma alternativa atraente para aqueles que procuram alternativas naturais de diamantes sem as preocupações éticas que cercam os diamantes extraídos.